Pedagogia Crítica na Educação Musical

Bio em Portuguese

Frank Abrahams é professor e diretor do Departamento de Educação Musical na Westminster Choir College of Rider University. Nascido na Filadélfia, Pennsylvania, Dr. Abrahams tem doutorado em Administração Educacional e Políticas de Estudo pela Temple University; tem mestrado em Educação Musical pelo New England Conservatory– Boston, Massachusetts; e Bacharelado em Educação Musical pela Temple University.

Por dezessete anos, Dr. Abrahams foi supervisor do Programa de Educação Musical para as escolas públicas de Stoneham, Massachusetts e chefe de Departamento de Educação Musical do New England Conservatory.

Na Westminster Choir College, Dr. Abrahams ensina regularmente os seguintes cursos da grade curricular: psicologia do ensino da música, pesquisa em educação musical e métodos de canto coral para segundo grau. Ele é o regente do Westminster Conservatory Youth Chorale, um coro seleto composto de alunos do segundo grau que estão no curso de extensão e preparação para a Westminster Choir College. Este coro fez uma turnê no Brasil em abril de 2003, realizando concertos nas Universidades Unisinos em São Leopoldo , em Porto Alegre e no Rio de Janeiro, incluindo a performance do Réquiem de Mozart com a Orquestra Pró-Música do Rio de Janeiro.

Na Unisinos, Abrahams apresentou uma oficina de canto coral para regentes de coros locais e realizou um concerto em conjunto com o Coral Jovem na universidade.

Abrahams é o autor do livro “Casos de Estudo em Educação Musical ” assim como de artigos acerca de Estilos de Aprendizagem e Pedagogia Crítica para a Educação Musical – um modelo de ensino baseado nas idéias de Paulo Freire. Os seus artigos estão publicados nas revistas Visões de Pesquisa em Educação Musical, Ensinando Música Geral, Educação Artística e Revisão e Atualização de Políticas, e Novas Aplicações da pesquisa em Educação Musical. Ele participa do Comitê editorial da Editora Música Transcontinental e trabalha como editor da Série de Música Judaica do Conservatório de Westminster.

Atualmente, Dr. Abrahams está completando um projeto de pesquisa que estuda a educação musical no Brasil. Desde setembro, ele visitou o Rio de Janeiro, Porto Alegre, Santa Maria e Recife. Seu trabalho inclui palestras e ensino na Uni-Rio, assim como nas Universidades Federais do Rio Grande do Sul, Santa Maria e Pernambuco. Ele tem observado mais de 20 projetos musicais e programas de escolas de música no intuito de ver como as filosofias dos educadores brasileiros, tais como Paulo Freire, podem ser aplicadas à educação musical em centros urbanos dos Estados Unidos.